45 anos sem Duane Allman

Ave, meus drugues, zuzobem?

Aqui é espaço de celebração, de reverência, de homenagens, de festa, de alegria, de respeito, de cultura, de suor e o escambau!

Logo de cara, toda reverência a um dos ícones do southern rock: Duane Allman.

Há exatamente 45 anos o cara morria em um acidente com a Harley Davidson dele. Ele só tinha 24 anos de idade.

Duane foi apontado pela revista Rolling Stone como o nono melhor guitarrista do mundo.

Ele teve participação importante no clássico álbum “Layla and Other Assorted Love Songs” (1970), do Derek and The Dominos, grupo de ocasião liderado pelo legendário Eric Clapton.

Em 29 de outubro de 1971, Duane pilotava a Harley quando chocou-se com uma caminhonete. Ele não resistiu aos ferimentos. Foi sepultado no Rose Hill Cemetery, em Macon, Condado de Bibb, Geórgia, nos Estados Unidos.

O guitarrista Duane  e o irmão Gregg foram os líderes do The Allman Brothers Band, um dos grupos expoentes do rock sulista dos Estados Unidos, ao lado principalmente de Creedence e Lynyrd Skynyrd.

Em homenagem a Duane, o Moloko traz aqui para você um clássico álbum ao vivo dos Allman Brothers: “At Fillmore East”

Duane Allman: ícone do chamado southern rock
Duane Allman: ícone do chamado southern rock

O álbum é o resultado de dois shows feitos pelo grupo em 1971 em Nova Iorque.

Lamentavelmente, Duane não pôde curtir o sucesso desta preciosidade que foi lançada meses após a morte dele.

Sacaí.

É rock, é blues, é country, é soul, é jazz.

468 ad