A era Kalil

O empresário Alexandre Kalil (PHS) venceu a disputa para a prefeitura de Belo Horizonte. Com 95,15% das urnas apuradas, o ex-presidente do clube de futebol Atlético Mineiro está matematicamene eleito com 53,31% dos votos válidos e não pode mais se alcançado por João Leite (PSDB), que tem 46,69% dos votos. As abstenções representam 22,48% dos votos, os votos nulos são 4,86% e os brancos 15,53%.

Aos 57 anos, Alexandre Kalil (PHS) disputa uma eleição pela primeira vez. A campanha dele foi marcada pelo lema de que não é político e sim empresário. Natural de Belo Horizonte, foi presidente do Atlético-MG de 2008 a 2014. Durante sua gestão, o clube contratou Ronaldinho Gaúcho e foi campeão da Copa Libertadores da América, em 2013, considerado o maior título da história do time mineiro.

Crítico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o ex-dirigente liderou a criação da Primeira Liga, que organizou no início deste ano uma competição com clubes de Minas Gerais, do Rio de Janeiro e dos estados do sul do país.

Graduado em engenharia civil, Kalil é sócio da empresa Erkal Engenharia. Em 2014, chegou a registrar-se como candidato pelo PSB a deputado federal, mas desistiu do pleito após a morte de Eduardo Campos, que disputava a Presidência da República pelo mesmo partido.

O vice na chapa da Kalil é Paulo Lamac (Rede), também natural da capital mineira.

Acompanhe, abaixo, galeria de fotos com o domingo de Kalil. Acompanhado da esposa, ele foi tietado por fãs e eleitores. Ao fim da tarde, o clima já era festivo em frente ao comitê dele, na Savassi.

Agência Brasil

Capital da virada

Das 18 capitais que tiveram segundo turno nas eleições municipais, apenas em Belo Horizonte o segundo colocado no primeiro turno conseguiu virar e se eleger neste domingo (30).

Na capital mineira, Alexandre Kalil (PHS) terminou o primeiro turno com 26,5% dos votos. Seu adversário, João Leite (PSDB), havia conquistado 33,4% dos votos. E hoje, Kalil terminou com 52,98% dos votos e João Leite ficou com 47,02%.

Entre as 39 cidades que tiveram segundo turno neste domingo, o número de viradas foi muito maior. Ao todo, 13 candidatos que terminaram o primeiro turno das eleições municipais em segundo lugar foram eleitos neste domingo (30).

468 ad