A força da leitura

Ambientado nos cenários acolhedores das cidades de Ouro Preto e Mariana, o romance “Um Amor entre as Montanhas”, do escritor Nilson Silva, vai integrar o acervo da biblioteca da Escola Municipal Dom Orione (Avenida Expedicionário Belém de Lima, 550, bairro Ouro Preto). O autor fez a entrega de 35 exemplares da obra na escola, durante lançamento no auditório prestigiado por cerca de 120 estudantes do 9º ano. “Trazer um livro de minha autoria a esta escola é um momento único. Para mim, os livros são libertadores, pois nos permitem viajar por lugares nunca imaginados. À medida que você amplia a leitura e o conhecimento, terá mais condições de escolher o futuro. O mais importante é cada um de vocês adotar os livros como amigos”, disse.

A ideia de lançar o livro na escola, em 5 de junho passado, foi da coordenadora do projeto social O Lance é Transformar, Simone Catalan. “É uma oportunidade de aproximação entre o autor e os estudantes. Acredito que esse contato desmistifica a ideia de que é muito difícil escrever um livro ou buscar a realização de um sonho”, disse. Mantido pela Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal de Minas Gerais (APCEF-MG), o projeto é parceiro das escolas municipais da Pampulha, apoiando várias atividades do programa Escola Integrada.

Diretora da escola, Fátima Anselmo explicou que a proposta, agora, é desenvolver atividades continuadas com os estudantes, utilizando o livro como base e, desta forma, evitar que as obras fiquem paradas nas prateleiras da biblioteca. A diretora ressaltou que estão em análise algumas propostas de atividades com o livro, como história em quadrinhos, excursão, teatro, rádio novela, entre outras. “Queremos que os próprios estudantes escolham as atividades que desejam desenvolver. Algumas já foram iniciadas, como a oficina de ilustração do livro.”

Para a diretora, proporcionar momentos como esse fomenta o surgimento de talentos. “Abrir espaço na escola para o lançamento de um livro é estimular um leitor e um escritor. Pode ser uma boa porta de entrada para o mundo da leitura e da escrita. Quando o autor relata para os estudantes a sua experiência e as suas dificuldades até chegar ao lançamento, ele dá mais vida ao livro.”

Estudantes antenados

Durante o lançamento do livro, alguns estudantes se manifestaram, fazendo perguntas ao autor sobre o processo de criação. Outros, como Livia Mara Rodrigues de Souza, de 14 anos, deixaram opiniões sobre a importância da leitura na formação do caráter de uma pessoa.

“A leitura, seja de um livro, um jornal, uma história em quadrinhos ou até mesmo o livro didático, é imprescindível em nossas vidas. É preciso estimular a leitura para que possamos ampliar nosso vocabulário e formar nossas opiniões com clareza. Também para que possamos ingressar na faculdade e no mercado de trabalho e, por fim, nos tornarmos cidadãos mais intelectuais.”

O escritor Nilson Silva fala aos estudantes na Escola Dom Orione
O escritor Nilson Silva fala aos estudantes na Escola Dom Orione

Mariana Cristina Duarte, 13, citou até um notório filósofo grego ao falar da importância da leitura. “Além de trazer várias consequências, como erros de ortografia, linguagem informal e falta de compreensão dos textos, a falta de leitura também forma cidadãos analfabetos funcionais, que são incapazes de emitir suas próprias ideias e opiniões. Como dizia Pitágoras: é preciso educar as crianças para não punir os homens.”

Juliana Miranda Marabá, 13, também se manifestou sobre o lançamento do livro na escola. “Infelizmente, na atualidade, as pessoas estão se apegando muito à tecnologia e desvalorizando a leitura. Por isso, esses pequenos momentos que temos aqui são importantes incentivos a nós, jovens. Ler ajuda e melhora a escrita, é maravilhoso. O mundo será um lugar melhor quando as pessoas lerem mais. E esse incentivo tem que começar desde cedo, pois as crianças de hoje serão os adultos de amanhã.”

Cerca de 120 alunos do 9º ano prestigiaram o evento no auditório da escola
Cerca de 120 alunos do 9º ano prestigiaram o evento no auditório da escola

Leituras em Conexão

Trabalhar as questões do livro “Um Amor entre as Montanhas” em momentos diferenciados na escola vem de encontro ao programa Leituras em Conexão, da Secretaria Municipal de Educação (SMED), que tem o objetivo de difundir projetos e ações de leitura e escrita nas escolas municipais e instituições parceiras, buscando fortalecer atividades já existentes, além de incentivar a criação de outras práticas ao longo de toda trajetória estudantil, do Ensino Infantil à Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Atualmente na coordenação pedagógica da Escola Municipal Dom Orione, o professor de Geografia José Álvaro Pereira da Silva contou que a escola já trabalha o incentivo ao hábito de ler dentro do projeto Momento da Leitura, que está, inclusive, previsto no calendário escolar de 2017. “Uma vez por mês, dedicamos um tempo dentro das salas de aula em que toda a comunidade escolar pega um livro para ler. É muito legal observar todos, tanto professores quanto estudantes, nesta prática simultânea.”

O autor

Nilson Silva, 51, é pai de três filhas. Nasceu em Diogo de Vasconcelos (MG), tendo vivido a infância e adolescência na zona rural de Mariana e na pacata cidade de Acaiaca. Graduou-se como professor pela Faculdade de Ciências Humanas de Ponte Nova. Possui MBA em Gestão de Pessoas pela FEAD-BH. Dedicou boa parte da carreira profissional atuando na educação corporativa da Caixa Econômica Federal, onde trabalha atualmente. Mora em Belo Horizonte.

Começou a escrever aos 50 anos, motivado pelo desafio de estimular as filhas a lerem. “Um Amor entre as Montanhas” foi lançado primeiramente em Lisboa, Portugal, em 2014, pela Chiado Editora. Outras obras dele são “Sob o Luar dos Andes” e “O Perfume das Camélias” – que será lançado no segundo semestre deste ano.

Andréa Moreira – Da Regional Pampulha

468 ad