Alimentos afrodisíacos… Quem arrisca um palpite?

Esta semana, uma aluna sugeriu que organizássemos uma aula usando ingredientes “afrodisíacos”. Gostei tanto da ideia que resolvi pesquisar e compartilhar com vocês um pouco deste assunto.

O termo afrodisíaco vem de Afrodite, a deusa grega do Amor e da Beleza, e está ligado ao que é atrativo ou desperta interesse sexual.

Lembrei-me de um livro maravilhoso e corri para a minha estante. Li, há muitos anos, este que, parece-me ser, o mais descompromissado livro da escritora Isabel Allende e que se chama “Afrodite. Contos, Receitas e outros Afrodisíacos.”

Pegando uma carona neste livro gostoso, vamos falar sobre um tema que desperta o interesse de quase todo mundo: afrodisíacos. Eles são fruto de nossa imaginação ou verdadeiros estimulantes?

É inegável que, ao saborearmos algo que adoramos, o nosso cérebro responda positivamente. Traz-nos lembranças, conforta-nos, e estimula os hormônios que nos proporcionam prazer.

O chocolate é um dos campeões nesta categoria… Já falamos sobre ele em outro artigo.
Concordo com a escritora Isabel Allende quando ela diz que “alimentos saudáveis e saborosos podem ser o afrodisíaco perfeito”. Mas, nem sempre, e nem para todos, o caminho é este.

Quanto mais desenvolvemos nossa cultura gastronômica, mais nossos gostos se tornam complexos. E será que só comidas sofisticadas nos trazem prazer? Não!!! Mas tudo que cozinhamos precisa de um tempero, um aspecto, um aroma, uma beleza diferente. Assim, qualquer chuchu pode se transformar em um souflê. Já pensaram nisso?

Além disso, o formato, a cor e a textura de alguns alimentos podem ser ótimos estimulantes. E a nossa imaginação? Ela, com certeza, é o principal elemento da matemática do desejo.

Mas, quando o assunto é aumentar a libido e esquentar a relação, há, sim, alimentos que podem ajudar! E aqui vão algumas dicas: amendoim, bananas, o famoso e potente chocolate (citado acima), as pimentas, a romã, os aspargos, o mel e o gengibre, dentre outros.

O vinho e os crustáceos não poderiam ficar fora desta lista.

E aqui vai a minha sugestão:

Espaguete com frutos do mar! Para acompanhar, escolha um bom vinho Chardonnay.

E, “Viva La Vida!”

frutos do mar

Espaguete com frutos do mar

Ingredientes:
– 1kg de espaguete de uma boa marca
-1kg de mexilhão
– 3 unidades de lula em rodelas
– 700g de camarões
– Suco de tomate
– Sal e pimenta a gosto
– Açafrão espanhol
– Salsinha
– Alho poró e cebola branca
– Limão Siciliano
– Azeite

Modo de fazer: cozinhe o macarrão em muita água deixando-o al dente.
Em uma panela grande, comece refogando a cebola e o alho poró no azeite, cortados bem pequenos ou processados. Acrescente o suco de tomate. Tempere com sal e pimenta a gosto. Adicione o açafrão, e o caldo de meio limão.Adicione os frutos do mar e deixe cozinhar por alguns minutos. Acrescente a salsinha picadinha. Corrija o tempero. Sirva sobre o Espaguete.

468 ad