Artrose dá em jovem?

A artrose é uma das mais comuns doenças, que acomete tanto homens quanto mulheres, principalmente na terceira idade. Também conhecida como osteoartrose, osteoartrite, artrite degenerativa e doença articular degenerativa, é uma doença que incide principalmente nas articulações dos joelhos, coluna, quadris, mãos e dedos.

Mas quem pensa que essa doença acomete apenas idosos está muito enganado. Um número cada vez maior de pessoas entre 30 e 50 anos têm sofrido dores provocadas pelo desgaste das articulações de joelhos, quadris, tornozelos e coluna.

Segundo a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), 10% da população entre 30 e 50 anos apresenta esse problema. Já na terceira idade, 70% das pessoas sofrem com a artrose. Neste caso, é um desgaste comum devido à idade e a progressiva lesão.

Mas no caso de jovens, a artrose geralmente é fruto de trauma, má postura, sedentarismo, obesidade ou uma carga excessiva de exercícios. E o número de pessoas nesta faixa etária nos consultórios médicos, com diagnóstico de artrose, é cada vez maior.

As pessoas não costumam dar atenção a esse tipo de dor, achando que serão passageiras. Tem sido cada vez mais comum o uso desenfreado de anti-inflamatórios para alívio dessas dores, sendo o mais comum a Nimesulida, pela facilidade de compra da mesma.

Os locais mais comuns de artrose em jovens são os joelhos, coluna cervical e ombros, sendo o primeiro e o último, geralmente por abusos em academias. Já a artrose cervical se dá por má postura e falta de fortalecimento da musculatura da região.

Quantas pessoas você conhece que fazem fortalecimento da coluna cervical? Pois é, só se dão conta da artrose quando os sintomas ficam intensos. Os trabalhadores braçais podem ter artrose nas mãos, principalmente na base do polegar. Nos joelhos, em especial, geralmente ocorre uma sobrecarga, com perda de cartilagem entre a patela e o fêmur.

À medida que a doença se agrava, além de dor, a pessoa começa a apresentar crepitações nas articulações, ou “rangidos nas juntas”, como se diz popularmente.
Porém, se você é jovem e tem artrose, fique tranquilo! É possível fazer controle da patologia.

Os estudos mostram que o fortalecimento da musculatura ao redor evita a progressão da doença, lembrando sempre que a atividade física deve ser feita da forma correta, ou seja, com supervisão. É possível praticar atividades físicas sem dor, apenas fazendo controle e tratamentos específicos.

Portanto, em caso de dores articulares, procure seu ortopedista. A dor da artrose, quando essa é detectada precocemente, é muito mais fácil de ser controlada. Ah, e não tome medicamentos sem prescrição médica.

468 ad