Bailando na folia

O Conjunto Moderno da Pampulha, um dos principais atrativos turísticos do Estado, recebe uma programação especial neste Carnaval. De 25 a 27 de fevereiro, a Fundação Municipal de Cultura, em parceria com a Belotur, promove nos principais espaços culturais da região oficinas, desfiles de blocos e bailes de carnaval. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

A festa começa neste sábado, dia 25, às 10h, no Museu Casa Kubitschek, com o cortejo do Bloco Atrás do Jacaré. Liderado pela cantora Celinha Braga e com a ilustre presença de Juscelino Kubitschek (Walber Braga Jr.) e sua esposa Sarah Kubitschek (Márcia Francisco), o bloco rememora e homenageia com delicadeza a ilustre família apaixonada pela Pampulha, através dos personagens que seguem pela orla em interação simpática com o público. O desfile é uma homenagem ao reconhecimento do Conjunto Moderno como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Ainda no sábado, uma grande festa promete reviver os áureos tempos dos bailes de salão na Pampulha. A Casa do Baile promove, a partir das 17h, um baile de máscaras com marchinhas consagradas, além das saudosas marchas rancho, relembrando a folia de outrora e o encantamento dos antigos carnavais. E quem ainda não tem uma máscara não precisa se preocupar. Antes da festa, às 16h, haverá uma oficina de construção de máscaras de carnaval, com a confecção coletiva de máscaras tradicionais e contemporâneas. A oficina será ministrada pelo artista plástico Eduardo Macedo e culminará em um concurso criativo.

No domingo, dia 26, a festa acontece no Museu de Arte da Pampulha e será dedicada às crianças. Às 10h, a meninada se reúne para uma oficina de criação de marchinhas de carnaval. Através de dinâmicas lúdicas, serão criadas marchinhas inéditas com a participação direta das crianças na composição da letra, ritmo e melodia. Na sequência, às 11h, o público fará a festa em um bailinho infantil com marchinhas criadas na oficina. Destaque para a banda de oficineiros composta pelo baterista Glauco Nastácia, e as cantoras Marina Machado e Celinha Braga.

O tradicional bloco Zé Pereira dos Lacaios, de Ouro Preto,  desfila na Pampulha
O tradicional bloco Zé Pereira dos Lacaios, de Ouro Preto, desfila na Pampulha

Para encerrar o carnaval na Pampulha, na segunda-feira, dia 27, o Bloco Zé Pereira dos Lacaios, mais antigo do carnaval de Ouro Preto, comemora 150 anos desfilando seus irreverentes bonecos gigantes pela Orla da Pampulha. Com o uso de fraques, cartolas e lanternas, o bloco fará um cortejo que pelos principais pontos turísticos da região. A concentração acontece a partir das 14h na Casa do Baile.

CASA DO BAILE
Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 – Tel.: 3277-7443
Dia 25, sábado, às 16h – oficina de confecção de máscaras com o artista plástico Eduardo Macedo
Dia 25, sábado, às 17h – baile de máscaras
Dia 27, segunda-feira, às 14h – concentração do Bloco Zé Pereira dos Lacaios

CASA KUBITSCHEK
Av. Otacílio Negrão de Lima, 4.188 – Tel.: 3277-1586
Dia 25, sábado, às 10h – cortejo do Bloco Atrás do Jacaré

MUSEU DE ARTE DA PAMPULHA
Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585 – Tel.: 3277-7946
Dia 26, domingo, às 10h – oficina de criação de marchinhas de carnaval para crianças com o baterista Glauco Nastácia, e as cantoras Marina Machado e Celinha Braga.
Dia 26, domingo, às 11h – baile de carnaval infantil

468 ad