Café com vista

Fundado como um cassino em 1943 e chamado de Palácio de Cristal à época, por conta dos vidros espelhados e da suntuosidade, o Museu de Arte da Pampulha (MAP), então equipado com sala de jogos, pista de dança, restaurante e bar, era referência de diversão e glamour para abastados de Belo Horizonte, do interior e até de outros estados e países.

Pois parte dessa aura e desse charme estará de volta em pouco tempo. Dentro de 40 dias sairá o processo de licitação para a instalação de um café bar no MAP. Outros dois equipamentos do conjunto moderno também vão ganhar um espaço do segmento de alimentos e bebidas, a Casa do Baile e a Casa Kubischek.

“Ainda não temos os detalhes porque a comissão jurídica está analisando tudo para elaborar o processo de licitação”, disse Bruno Sales, da assessoria de imprensa da Belotur, a empresa municipal de turismo de Belo Horizonte.

O Viva Pampulha esteve no MAP para conferir o local no qual o café bar vai funcionar. Situada abaixo do auditório, a área é cercada por portas e janelões de vidros, o que permite a entrada de luz natural durante todo o dia e proporciona uma vista de 180 graus para a Lagoa da Pampulha. É possível ver a sede do Iate Clube do outro lado da margem.

Com certeza, frequentar o café do MAP será um programa imperdível.

Aguardemos, pois…

468 ad