Carro elétrico, você ainda vai ter um!

Na década de 70, com a criação do Proálcool, o governo brasileiro criou um programa de incentivo à produção de cana-de-açúcar e lançou o lema “ Carro a álcool, você ainda vai ter um!”

Em 2003, o álcool voltou a fazer sucesso com a chegada do carro Bicombustível. Agora é a vez de o consumidor se preparar para a chegada do carro elétrico- e essa é uma tendência!

No Salão do Automóvel, a Chevrolet apresentará o Bolt, que apareceu na forma de conceito no Salão de Detroit, realizado em janeiro deste ano. O elétrico compacto se destaca por possuir ampla autonomia: 383 quilômetros com apenas uma carga. A previsão no Salão de Detroid era a recarga ser capaz de durar 320 km.

O Bolt poderá ser recarregado quando estacionado em uma garagem residencial, onde 1 hora em 240V corresponde a 40 km de autonomia. Utilizando estações públicas de alta voltagem, 30 minutos garantem 150 quilômetros de autonomia.

Equipado com um motor elétrico com potência equivalente a 200 cavalos e 36,5 kgfm de torque, o Bolt será construído sobre a plataforma global de veículos compactos chamada Gamma, que será aproveitada na futura geração do Sonic, cujo lançamento está programado para o fim de 2016.

O compacto começará a ser vendido no início de 2017 com preço na casa dos US$ 30 mil, aproximadamente R$ 97.300, cotação do dia 1º de novembro. Será uma briga interessante, afinal, o Leaf, da Nissan, que será fabricado no Brasil a partir do ano que vem, custa a partir de 26 mil euros, R$ 93 mil, e o Tesla Model 3, da montadora Tesla tem o valor estimado em US$ 35 mil.

Com design robusto, a Chevrolet pretende vender 30 mil unidades do Bolt por ano, mostrando que tem expectativas altas para o mercado de veículos elétricos.

Toyota Prius

Primeiro veículo do mundo a popularizar o sistema híbrido de alimentação (motores a gasolina e elétrico), o Toyota Prius foi lançado em 1997 como sedã. O Prius conquistou os mercados europeus e americanos e em 2004 o Toyota se tornou um fastback e com estilo convencional.

No Brasil, o Prius 2016 custa R$ 119.950 e tem debaixo do capô dois motores: um 1.8 VVT-i a gasolina, que gera 98 cv de potência e 14,2 kgfm de torque, e um propulsor elétrico que gera 72 cv e 16,6 kgfm. Combinados, os motores geram 123 cavalos, menor do que a do Prius anterior que era de 134 cavalos. Segundo a Toyota, a autonomia do Prius é de 812,7 km.

Mesmo vendendo 800 carros nos últimos cinco anos, a Toyota espera vender 600 unidades do Prius até o final de 2016. Nos Estados Unidos, maior mercado do Prius, as vendas atingiram mais de 1 milhão de unidades até abril de 2011.

468 ad