Comendo bem

Em comemoração ao Dia do Nutricionista, celebrado em 31 de agosto, o colegiado de graduação em Nutrição e a pós-graduação em Nutrição e Saúde da Escola de Enfermagem da UFMG promovem nesta quinta-feira (2), às 14 horas, no salão nobre da Faculdade de Medicina da UFMG, o lançamento de sete materiais sobre alimentação adequada e saudável elaborados em parceria entre a coordenação geral de alimentação e nutrição do Ministério da Saúde e o Grupo de Pesquisa de Intervenções em Nutrição (GIN) da Escola de Enfermagem da UFMG, com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/Brasil). O evento é gratuito e as inscrições serão feitas no local.

As publicações foram apresentadas pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, no dia 7 de julho, na sede do Ministério da Saúde, em Brasília, e serão lançadas na capital mineira com a presença da coordenadora nacional de alimentação e nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa de Oliveira, que também vai proferir uma conferência sobre promoção da alimentação adequada e saudável na Atenção Básica à Saúde.

A professora do departamento de Nutrição da EEUFMG, Aline Cristine Souza Lopes, que coordenou a elaboração dos materiais, ressalta a importância.

“Eles foram criados objetivando disponibilizar aos profissionais de saúde e demais interessados ações de promoção da alimentação adequada e saudável, pautadas em evidências científicas e aplicáveis na realidade dos serviços de saúde. Para isto, a equipe de pesquisa da UFMG contou com importante participação de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte e do Ministério da Saúde.

Ela enfatizou, ainda, que apesar dos avanços da ciência para conhecer os efeitos benéficos de uma alimentação saudável, ainda é crescente a epidemia de obesidade e demais doenças crônicas no mundo.

“Materiais como este poderão contribuir para aprimorar as ações desenvolvidas na Atenção Básica e, consequentemente, melhoria da qualidade de vida e de saúde da população.”

Sobre a parceria entre a UFMG e o Ministério da Saúde, Aline destacou a integração de objetivos e o alinhamento com as diretrizes nacionais de alimentação e nutrição, propostas no Guia Alimentar para a População Brasileira.

“Já estamos trabalhando em parceria com o Ministério da Saúde há alguns anos, sempre em iniciativas que contribuam para a qualificação da promoção da alimentação adequada e saudável no âmbito do SUS. Estes materiais são um ótimo exemplo de uma parceria bem sucedida entre Universidade-Serviço de Saúde-Gestão”, ressaltou.

Chance de desenvolver o câncer de mama cai 25% para quem tem uma vida saudável
Chance de desenvolver o câncer de mama cai 25% para quem tem uma vida saudável
468 ad