Dor crônica

A síndrome da dor crônica ( SDC) é um problema comum que apresenta um grande desafio para os profissionais de saúde por causa de sua complexa história natural, etiologia pouco clara e má resposta à terapia.

SDC é uma condição mal definida. A maioria dos autores considera que a dor em curso dura mais de 3 meses como diagnóstico. Alguns autores sugerem que qualquer dor que persista mais do que o tempo de cura razoavelmente esperado para os tecidos envolvidos deve ser considerada dor crônica.

É uma síndrome que geralmente não responde ao modelo médico de cuidados. Esta condição é melhor gerenciada com uma abordagem multidisciplinar, que requer boa integração e conhecimento de múltiplos sistemas de órgãos.

Complicações

SDC pode afetar os pacientes de várias maneiras. Os principais efeitos na vida do paciente são humor deprimido, sono deficiente ou não-reparador, fadiga, atividade reduzida e libido, uso excessivo de drogas e álcool, comportamento dependente e incapacidade desproporcional com o comprometimento.

Educação do Paciente

O paciente e a família devem ter um bom entendimento sobre a natureza multifatorial da dor crônica e os benefícios de um plano de manejo multidisciplinar abrangente.

O paciente deve evitar posições estressantes desconfortáveis e má postura. Além disso, exercícios regulares, bons hábitos de sono e refeições equilibradas são úteis para manter uma boa saúde. O paciente também pode se beneficiar da instrução em biofeedback e técnicas de relaxamento.

Até a próxima, pessoal.

468 ad