Em busca de respeito

O Veloster sempre foi motivo de piada no Brasil por causa do desempenho incompatível com a carroceria de visual esportivo. Afinal, o “esportivo” da Hyundai, lançado no Brasil em 2011, era a mesma versão vendida em países da América do Sul, como Chile e Colômbia, e vinha equipado com o motor 1.6 16V Gamma, de 128 cv do HB20 (?), com câmbio automático de seis velocidades.

Nos Estados Unidos, Europa e Ásia, o cupê compacto é equipado com um motor de 140 cv e injeção direta de gasolina. Para os países que comercializam a versão mais potente, ainda existe a opção do câmbio manual de seis marchas ou a transmissão automatizada de dupla embreagem, também com seis velocidades.

Salão de Detroit

Mas, uma nova geração do Veloster apareceu em Detroit. O carro, que continua com duas portas à direita e apenas uma à esquerda, agora está com o desenho menos irreverente que a versão anterior e tem como objetivo atrair um público maior. A versão básica, vendida no mercado norte americano, é equipada com motor aspirado de 2,0 litros que rende 150 cv e duas opções de câmbio, manual ou automática de seis marchas.

veloster
veloster

O Veloster Turbo continua utilizando o 1,6 turboalimentado de 204 cv, câmbio manual de dupla-embreagem de sete marchas. Mas, para quem quer um esportivo ainda mais forte, a Hyundai oferece a inédita versão N (letra que representa os Hyundais esportivos). Trata-se do Veloster equipado com um motor turbo de 2,0 litros de 275 cv e 36 mkgf.

A transmissão é manual de seis marchas com embreagem e sincronizadores reforçados para aguentar a potência extra. O câmbio manual tem “punta taco automático”, como visto em modelos esportivos como o Honda Civic Type R e o Corvette. O carro ainda é equipado com diferencial autobloqueante, rodas de 18 ou 19 polegadas calçadas com pneus Michelin Pilot SuperSports 225/40 R18, sendo os Pirelli P-Zero opcionais nas rodas de 19″, com medida 235/35. Os freios também foram melhorados, com discos de 330 mm de série ou 345 mm quando você pede o pacote opcional.

O Veloster N ainda possui recursos de segurança como assistente de faixa, monitor da distância à frente e comutação automática dos faróis de leds. No interior, tela central de 8 pol, carregador sem fio para celular e projeção de informações no para-brisa.

468 ad