Iguais, mas diferentes

O Citroen C3 é um carro tranquilo e fácil de dirigir. Tivemos a oportunidade de avaliar a versão Tendance, equipada com motor 1.2 flex Pure Tech de três cilindros, de 84 cavalos com gasolina ou 90 cavalos com álcool. O C3, com uma média de 10,5 km/l na cidade, foi lançado em agosto de 2012 e permanece inalterado até hoje.

O C3 é conhecido por ser o modelo preferido das mulheres, motivo de o carro ter os pedais tão próximos um do outro. No modelo de entrada da francesa Citroen existe muito plástico no painel, e o material passa a impressão de que ficará riscado facilmente com o passar do tempo, ainda mais para uma motorista que tem crianças a bordo.

O para-brisa panorâmico, chamado Zenith, tem para-sóis sem espelhos, item indispensável para as condutoras de um modelo que tem um público feminino tão cativo. Com o objetivo de reduzir custos, o tom preto predomina no painel de instrumentos simples sem LEDs internos para melhorar o conforto visual, sobretudo à noite.

Modelo C3 da Citroen agrada ao público feminino
Modelo C3 da Citroen agrada ao público feminino
Peugeot 208: modelo esportivo que cumpre o papel
Peugeot 208: modelo esportivo que cumpre o papel

Anos 70 e 80

O Peugeot 208, a começar pelo volante pequeno, direção direta e, principalmente, pela posição esportiva de dirigir, mais baixa, agrada logo à primeira vista. O motor, que é o mesmo Pure Tech com foco na economia de combustível utilizado pelo C3, demonstra disposição, a ponto de levantar suspeitas ao lembrarmos que trata-se de um carro que veio da frota da Peugeot, ainda mais se considerarmos que, ao migrar do 1.5 para o 1.2, o propulsor perdeu 3 cv e 1 mkgf de torque.

Enquanto o C3 carrega o peso da idade, o 208 é mais jovial. Na estrada, por exemplo, a leveza da direção elétrica exige mais cuidados. Algumas más características estão presentes nos dois modelos franceses. Por exemplo, os dois carros não sobem os vidros após o motorista fechar as portas apertando o botão na chave.

Apesar de não ser considerado o ponto forte nos modelos franceses, no C3 o câmbio se comportou normalmente, enquanto no 208 a alavanca do câmbio soltou a marcha ao sair da imobilidade algumas vezes. Com dois adultos, uma criança e mais carga, o Peugeot, que se destaca como um esportista digno de olimpíadas, exigiu constantes reduções de marchas.

Enfim, os dois carros cumprem a proposta a que se destinam, ou seja, economia de combustível, com destaque para o 208, que deixou uma sensação de saudade dos modelos esportivos. Mas o C3 ainda tem fôlego para atrair as mulheres.

Modelo de entrada do C3: muito plástico no painel
Modelo de entrada do C3: muito plástico no painel

Ficha técnica C3

Motor: Dianteiro, transversal, 3 cil. em linha, 12V, comando duplo, flex.
Cilindrada: 1.199 cm³
Potência: 90/84 cv a 5.750 rpm
Torque: 13/12,2 kgfm a 2.750 rpm
Câmbio: Manual de 5 marchas, tração dianteira
Direção: Elétrica
Suspensão: Independente McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
Freios: Discos ventilados (diant.) e tambores (tras.)
Pneus: 195/60 R15
Dimensões: Comprimento 3,94 m; Largura 1,70 m; Altura 1,52 m; Entre-eixos 2,46 m
Tanque: 55 litros
Porta-malas: 300 litros (fabricante)
Peso: 1.100 kg
Preço: R$ 52.690

Ficha técnica 208

Motor: Dianteiro, transversal, 3 cil. em linha, 12V, comando duplo, injeção direta, flex
Cilindrada: 1.199 cm³
Potência: 90 cv a 5.750 rpm
Torque: 13 kgfm a 2.750 rpm
Câmbio: Manual de 5 marchas, tração dianteira
Direção: Elétrica
Suspensão: Indep. McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
Freios: Discos sólidos (diant.) e tambores (tras.)
Pneus: 195/60 R15
Dimensões: Compr.: 3,97 m; largura: 1,70 m; altura: 1,47 m; entre-eixos: 2,54 m
Tanque: 55 litros
Porta-malas: 285 litros (fabricante), 286 litros (aferido AE)
Peso: 1.073 kg
Preço: R$ 54.990

468 ad