Na disputa

Belo Horizonte disputa com Nova York e Paris o Prêmio das Cidades do C40, na categoria ‘Planos de Adaptação/Estudos e Análises’, cujo resultado será conhecido nesta quinta-feira (1º de dezembro), na Cidade do México. O prefeito Marcio Lacerda estará presente à cerimônia de premiação, que será realizada durante a 6ª Cúpula Anual de Prefeitos da C40, o Grupo de Grandes Cidades para a Liderança do Clima.

A capital mineira foi selecionada como finalista pelo trabalho intitulado “Análise de vulnerabilidade às mudanças climáticas do município de Belo Horizonte”, desenvolvido pela Prefeitura, em parceria com a Way Carbon Soluções Ambientais e Projetos de Carbono, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Esse estudo analisa os impactos potenciais das mudanças do clima, com o objetivo de identificar vulnerabilidades socioeconômicas, físicas e de infraestrutura de Belo Horizonte. Com os impactos potenciais definidos, é possível avaliar as causas das vulnerabilidades, definir prioridades de ação e reduzir o impacto das mudanças climáticas de acordo com uma análise de custo-benefício.

O trabalho da PBH poderá servir de base para o desenvolvimento de um plano de adaptação às mudanças climáticas, fundamental para que a cidade se torne cada vez mais resiliente, ou seja, capaz de lidar de forma proativa e produtiva com os impactos negativos e irreversíveis das mudanças climáticas, transformando desafios em oportunidades de desenvolvimento sustentável.

468 ad