Prática de atividades físicas durante a gravidez

Existe uma dúvida muito grande sobre a prática de atividade física durante a gravidez. As gestantes (e seus familiares) ficam preocupadas com o estado atual em que se encontram e ficam receosas se podem iniciar um programa de atividades físicas ou se podem continuar com a atividade que faziam anteriormente.

O mais importante é a futura mamãe ter um acompanhamento adequado de um(a) médico(a) obstetra. Ele é quem irá liberá-la para a prática de alguma atividade, sendo ela sedentária ou não.

Sabe-se que a prática de atividade física traz vários benefícios ao nosso corpo e, para as gestantes, isso não é diferente. Durante a gravidez o corpo da mulher sofre várias alterações físicas, estruturais, hormonais e emocionais.

Os exercícios físicos durante este período ajudam a fortalecer a musculatura, a ganhar resistência e força para suportar o peso extra durante os últimos meses de gestação, evitando assim desconfortos físicos, como dores na coluna, inchaço e fadiga. Uma gestante ativa terá que realizar menor esforço durante o parto, caso opte pelo parto normal!

Outros benefícios estão relacionados ao controle do estresse, da ansiedade, da melhora do humor, do aumento da qualidade do sono e da autoestima, uma vez que gestantes ativas podem ter uma facilidade maior no controle do ganho de peso (elas tendem a voltar mais rapidamente ao peso normal após o parto!).

Gestantes já ativas podem permanecer em suas atividades habituais, caso haja liberação médica e, claro, adaptações por parte do treinador para o seu estado atual.

Gestantes que estão pensando em iniciar um programa de treinamento devem solicitar liberação médica e procurar um profissional capacitado em ministrar aulas para grávidas. O ideal é iniciar com atividades leves e de baixo impacto, como natação, hidroginástica, ioga, pilates, musculação e treinamento funcional.

A gestação é um momento maravilhoso na vida da mulher e pode se tornar ainda mais prazeroso para aquelas mamães que se exercitam e absorvem tudo de bom que a atividade física pode promover!

Então, mamães, exercitem-se! Afinal, depois do parto, quem não quer ser uma mamãe sarada?

468 ad