Saiba como economizar até 75% de combustível

Os anos passam, mas o ditado “devagar e sempre” permanece atual. Não poderia ser diferente com a utilização do veículo pelo proprietário. Dessa forma, motoristas que alteram muito a velocidade do carro consomem até 75% mais que os motoristas que dirigem de forma constante, ou seja, sem acelerar e desacelerar o tempo todo.

A conclusão é de uma pesquisa realizada pelo startup de gestão de frotas brasileira Cobli, que analisou dados coletados de veículos leves e pesados que rodaram por 340 mil quilômetros.

Em modelos leves (carros de passeio e utilitários esportivos), o consumo de combustível é de 30% a 50% maior, afinal, nesses modelos, a velocidade varia muito. Já nos ônibus e caminhões, o gasto é cerca de 40% a 75% maior.

Outro ponto de destaque é que buscar manter o velocímetro imóvel não só aumenta a segurança nas estradas como diminui a emissão de gás carbônico, afirma o engenheiro de software da Cobli Fernando Stefanini.

Ainda segundo o estudo, 95% da variação do consumo de combustível que foram observados entre os carros é explicada pela forma de conduzir inadequada dos motoristas, ou seja, com alternância excessiva entre o momento da aceleração e frenagem nos veículos.

Assim, concluiu-se que, para economizar, o comportamento daquele que dirige deve se aproximar o máximo possível de um piloto automático, ou seja, mantendo a aceleração constante, com poucas intervenções, como afirmou Rodrigo Mourad, sócio da empresa Cobli.

Acompanhe, a seguir, mais dicas para economizar combustível.

Respeite a troca de marchas
Procure trocar as marchas sempre na rotação correta, sempre mantenha o giro do motor compatível com a marcha escolhida.

Evite levar muito peso no carro
Estar sempre com carro cheio também contribui para aumentar o gasto de combustível. Cargas superiores a 10 quilos já influenciam no consumo, pois o motor terá que fazer mais força para colocar o veículo em movimento. Procure levar no carro somente o que precisar, evitando o “peso morto”.

economia

Verifique sempre a pressão dos pneus
Circular com os pneus em ordem, além de ser mais seguro, é essencial para economizar combustível. Pneus murchos ou com pressão superior ao recomendado influenciam diretamente no rendimento do veículo, pois geram ou mais ou menos atrito com a via.

Mantenha o alinhamento e o balanceamento em dia
O alinhamento correto faz com que os pneus se desgastem de forma correta e o balanceamento evita trepidações ao rodar. Além disso, a geometria correta auxilia na segurança dos ocupantes

Não deixar o veículo em ponto morto nas descidas
Muitos proprietários ainda pensam que é econômico deixar o carro em ponto morto, essa prática não é recomendada também por questão de segurança. Se o carro estiver desengatado e sem auxílio do freio-motor, o sistema de freio poderá sofrer fadiga e perder a eficiência. Portanto, se quiser economizar, dirija utilizando marchas mais altas.

Mantenha a manutenção em dia
A manutenção correta do veículo evita que o motor gaste mais combustível que o necessário, além disso, aumenta a durabilidade dos componentes do propulsor. Portanto, faça a manutenção regularmente e, se necessário, não deixe de substituir os filtros de ar, óleo, de combustível e fazer a substituição das velas de ignição.

Use, mas não abuse
Sempre que possível, até 60 km/h prefira abrir as janelas. Acima dessa velocidade, pois, o uso do ar condicionado está ligado diretamente ao consumo de combustível, já que o equipamento em muitos modelos ainda é operado pelo motor. Carros com menor cilindrada gastam mais com o ar ligado.

Não acelere com o carro desengatado
Aquecer o motor antes de sair é coisa do passado, afinal os propulsores atuais contam com injeção eletrônica. O sistema atual é responsável por fazer o motor trabalhar de forma eficiente mesmo no frio. Para os modelos flex, lembre-se de abastecer o tanquinho de partida a frio.

468 ad