Saiba como escolher a melhor calota

Pouco lembradas, tanto que muitas são abandonadas à própria sorte pelas ruas e estradas, as calotas também exigem cuidados. A justificativa para a falta de cuidado está na baixa resistência contra impactos e por serem de valor baixo, pelo menos quando comparadas com as rodas de liga leve. Dessa forma, muitos proprietários utilizam o acessório como proteção para as rodas, mas, mesmo assim, esses acessórios devem ser comprados observando critérios como o peso e a resistência.

A seguir, 12 dicas para os proprietários que optam por comprar as calotas com o objetivo de embelezar o carro.

1- Quando optar por um modelo de calota, escolha o acessório que mais agrada ao gosto de quem mais utiliza o carro.

2- Escolha o modelo que se encaixa da melhor forma às rodas, pois, uma calota maior soltará facilmente da roda.

3- Ao comprar uma calota, fique atento também à flexibilidade do acessório.

4- Evite acessórios que não possuem selos de qualidade, como do INMETRO, comprovando os testes de resistência contra impactos.

5- As calotas originais não representam as opções mais seguras e confiáveis. Embora os ajustes sejam perfeitos, nos carros populares as fábricas utilizam peças feitas com material barato, que perdem a resistência com o passar do tempo.

calotas
calotas
calotas

6- As réplicas das calotas originais, ou os produtos oferecidos por empresas especialistas neste tipo de acessório, transmitem maior confiança porque trabalham com profissionais que pesquisam com o objetivo de oferecer itens seguros, resistentes e ao mesmo tempo bonitos.

7- Escolha as marcas que se adaptam às rodas, sem problemas com os parafusos originais de fábrica. Do contrário, prepare-se para perder a calota.

8- O encaixe perfeito, apenas no contorno da roda, não é aconselhável em termos de segurança, porque o acessório pode soltar ou ser roubado.

9- Escolher a calota, com o encaixe ideal nos parafusos originais também vale para as calotas parciais, aquelas menores que ficam presas na parte central da roda. Este acessório esconde e ajuda a proteger as ponteiras, porcas e os parafusos de impactos e sujeira.

10- Mantenha as calotas limpas, pois isso mantém o acessório com boa aparência e melhora a estética exterior do automóvel.

11- Existem calotas com aros menores que aparentam um tamanho maior. Cuidado com esse tipo de acessório, pois as extremidades ficam em contato com a parte lateral dos pneus, aumentando o desgaste da borracha e risco de estouro.

12- Calotas fechadas prejudicam a corrente de ar utilizada para refrigerar os freios, o que acaba gerando superaquecimento, reduz o poder de frenagem e aumenta as chances de acidentes.

468 ad