Tango, porro e forró

Com o show “O Folclore da América do Sul”, o violonista gaúcho Marcos Maturro abre neste sábado (10), às 19h, no Centro Cultural Pampulha, uma série de apresentações que integram o Festival Violões pela Cidade, promovido pela Fundação Municipal de Cultura. A entrada é gratuita.

Maturo promove uma viagem pelos ritmos latinos ainda tão pouco conhecidos no Brasil. Ele apresenta um repertório todo adaptado para o violão solista que transita pelo tango argentino, candombe uruguaio, porro colombiano e outras músicas populares de países vizinhos. Isto sem se esquecer das nossas raízes nacionais. O baião e o forró também estão presentes na viagem musical de Maturro.

Nascido em Porto Alegre, graduou-se em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fez mestrado na UFMG. Além de ter frequentado aulas especializadas na Alemanha, Argentina, Costa Rica e em Cuba. Marcos Maturro chegou a fazer parte do Grupo Libertango, que ganhou notoriedade com releituras das composições de Astor Piazzolla, e se apresentou em turnês pela América Latina e Europa.

Violões pela Cidade

O festival nasceu em 2013, dentro do programa Horizontes Musicais, executado pela Fundação Municipal de Cultura. Em sua primeira edição, foram apresentados 31 concertos e na segunda, 30 shows. Ambas edições realizadas em seis centros culturais de BH.

Totalmente composto por artistas locais, nativos ou radicados em Belo Horizonte, o terceiro Violões pela Cidade mantém a proposta original, mas agora com maior abrangência. Até o mês de novembro, o festival levará mais de 40 apresentações em oito centros culturais da cidade. Cada concerto leva ao público uma temática específica dentro do universo violonístico e todos incluem, ao menos, uma obra de um autor belo-horizontino.

FESTIVAL VIOLÕES PELA CIDADE| MARCOS MATTURRO

Dia 10 de setembro, às 19h

Centro Cultural Pampulha (Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185, Urca – 3277-9292)

Dia 14 de setembro, às 19h30

Centro Cultural Urucuia (Rua W3, 500, Urucuia – 3277-1531)

Dia 15 de setembro, às 20h

Centro Cultural São Bernardo (Rua Edna Quintel, 320, São Bernardo – 3277-7416)

Dia 20 de setembro, às 18h30

Centro Cultural Jardim Guanabara (Rua João Álvares Cabral, 277, Floramar – 3277-6703)

Dia 27 de setembro, às 20h

Centro Cultural Padre Eustáquio (Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio – 3277-8394)

Dia 5 de outubro, às 14h

Centro Cultural Lindeia Regina (R. Aristolino Basílio de Oliveira, 445, Regina – 3277-1515)

468 ad