Todas Penélopes

A mulherada deixou a Pampulha cor de rosa neste domingo (9). Cerca de 1500 participaram da Corrida McDonald’s 2016 – Mulheres em Movimento, com percurso de cinco quilômetros e largada e chegada na Nova Praça da Pampulha. Foi a segunda edição da prova em Belo Horizonte, disputada simultaneamente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba.

As amigas bancárias Amanda e Natália participaram pela primeira vez de uma corrida. A duras penas, conseguiram concluir a prova, considerada por elas até mais dura que a negociação da categoria com os banqueiros ao longo da greve que durou 31 dias em todo o país.

“É, a greve (dos bancários) acabou… Quanto à corrida, foi bem legal, foi a nossa primeira. Gostamos muito, mas foi muito difícil chegar ao fim. Estamos bem cansadas”, disse Amanda.

As amigas bancárias Natália e Amanda: prova mais dura que a negociação com os banqueiros
As amigas bancárias Natália e Amanda: prova mais dura que a negociação com os banqueiros

Um grupo de 22 amigas integrantes da equipe Força Fitness estava eufórico após a prova. Com a endorfina a todo vapor, parte da equipe posou para um clique do Viva Pampulha.

“Uhhhhuuuuuuuuu!!!!”, gritaram elas antes do registro.

Após a prova, a mulherada se esbaldou na praça, dançando animada por uma dançarina no palco ao som de hits do momento, como a pegajosa “Malandramente” (MC Nandinho e Nego Ban).

Um Jeep Renegade foi sorteado para as participantes da prova nas cinco cidades. A vencedora foi uma corredora de Niterói (RJ) que participou da corrida no Rio de Janeiro.

Desde o seu início, em 2011, a McDonald’s 5K Mulheres em Movimento já recebeu mais de 270 mil participantes nos principais países da América Latina, o que a tornou a maior corrida de rua feminina da região. Somente no Brasil, o evento já reuniu mais de 90 mil mulheres.

Em 2016, o famoso rosa, cor oficial do vento, também vai colorir as seguintes cidades: Buenos Aires (Argentina),  Santiago (Chile), San José (Costa Rica), Guaiaquil (Equador), Baie-Mahault  (Guadalupe), Le Diamant (Martinica),
Cidade do Panamá (Panamá), Lima (Peru) e  Montevidéu (Uruguai).

Confira galeria de fotos e, mais abaixo, um vídeo com um trecho da chegada da prova.

468 ad